(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 

A Polícia Civil prendeu, na tarde da última terça-feira (7) um jovem suspeito de matar um adolescente de 14 anos no Alto Boqueirão, em Curitiba. O crime aconteceu no dia 20 de julho deste ano quando a vítima foi agredida até a morte.

Segundo o delegado Cássio Conceição, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o suspeito, de 19 anos, foi intimado a comparecer na delegacia após uma denúncia anônima que o apontava como o agressor. “Ele já tinha passagens por furtos e roubos e era bem conhecido na região. A informação de que ele seria um dos autores do crime chegou pelo 190”, explicou ele em entrevista coletiva.

Durante o interrogatório, a polícia descobriu que o jovem cumpria regime semiaberto, mas estava sem a tornozeleira eletrônica. Por esse motivo, a Justiça revogou o benefício e determinou que ele voltasse para o regime fechado.

À DHPP, o rapaz disse apenas que conhecia a vítima, mas negou ter cometido o crime. “Nós apuramos que o adolescente era usuário de drogas e teria sido morto por estar devendo entorpecentes para o autor do crime. As investigações também indicam que outras duas pessoas estão envolvidas no homicídio. Agora vamos trabalhar para localizá-las”, completou.

O caso

O corpo do rapaz foi encontrado por moradores do Alto Boqueirão no fim da manhã do dia 20 dentro de uma manilha. A suspeita era de que a vítima teria sido morta a pauladas.