Quatro pessoas foram presas em uma operação feita pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (23), para encontrar os suspeitos de cometerem dois assassinatos no bairro Parolin, em Curitiba. Porém, seis homens não foram encontrados e os investigadores divulgaram as fotos destes possíveis autores dos crimes. A Polícia informou que todos possuem mandados de prisão temporário e encontram-se foragidos.

 

Os crimes aconteceram nos dias 6 e 7 de julho deste ano contra as vítimas Marcos Vieira e José Fernando Pereira dos Santos. Na época, eles foram executados por diversos disparos de arma de fogo.

“A vítima Vieira foi morta após um veículo da cor vermelha com estes seis suspeitos parar ao seu lado. Eles se intitularam policiais e executaram a vítima sem possibilitar qualquer chance de defesa. O outro crime aconteceu enquanto Pereira estava em casa. Os criminosos invadiram também dizendo que eram da polícia e executaram o rapaz na frente de uma criança de três anos”, detalhou o delegado Tito Barrichelo, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sobre os crimes à Banda B.

Ainda, Barrichelo informou que os crimes supostamente foram motivados por desentendimentos relacionados ao tráfico de drogas. “A operação foi batizada de 5º mandamento, inspirada no ensinamento de Jesus Cristo, não matarás. A ideia é enfrentar o crime organizado existente neste bairro que é dominado por três grupos ligados ao tráfico”.

 

 

A Polícia Civil pede a colaboração da população com informações que auxiliem na localização dos procurados. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelos telefones 197 da Polícia Civil, 181 Disque Denúncia ou pelo 0800 643 1121, diretamente à equipe de investigação na DHPP.