A Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) cumpriu, na última semana, um mandado de prisão preventiva, expedido pela 8ª Vara Criminal de Curitiba contra um homem, de 24 anos, suspeito de roubar farmácias. O suspeito foi abordado na rua Senador Nereu Ramos, no bairro Guabirotuba.

De acordo com a polícia, o rapaz é suspeito de participar do roubo contra uma farmácia ocorrido no dia 11 de julho, no bairro Boa Vista. Na ocasião, um policial militar foi rendido e teve a arma de fogo da corporação roubada.

Segundo o delegado-operacional da DFR, André Feltes, o suspeito, que estava em liberdade monitorada (tornozeleira eletrônica), foi reconhecido pelo policial militar e por uma das funcionárias da farmácia. “No momento do roubo, que foi registrado pelas câmeras de vigilância da farmácia, dois homens rendem o policial que fazia compras no local e que não teve tempo para esboçar uma reação”, explica Feltes completado que “além da pistola calibre .40 do militar, os criminosos levaram R$ 140 do caixa do estabelecimento”.

Após o roubo, o suspeito foi abordado pela Polícia Militar dirigindo o veículo que teria sido usado no assalto, um VW Gol, na rua Bley Zorning, no bairro Boqueirão, e conduzido à delegacia. Para os policiais militares ele confessou que participou do roubo à farmácia, e informou que a pistola teria ficado com o comparsa.

Ainda segundo a polícia, o suspeito vinha realizando roubos contra farmácias desde 2015. Em novembro daquele ano, ele foi flagrado quando tentava fugir após cometer outro roubo contra mais uma farmácia, na rua Alberto Foloni, no bairro Ahú. Na ocasião, ele foi preso com um revólver calibre 32. Além de outros roubos, ele já respondeu por outros delitos, como porte de entorpecente e perturbação da tranquilidade.

O homem segue custodiado no setor de carceragem temporária (Secat) da DFR, onde permanece à disposição da Justiça.