Da Polícia Civil

A Polícia Civil do Alto Maracanã, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, prendeu na manhã de quarta-feira (26), um homem, de 29 anos, suspeito de cometer três estupros – sendo um de vulnerável. Ele não resistiu à prisão e foi localizado em uma residência no bairro Guaraituba, após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedida pela 1ª Vara Criminal do município.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O suspeito é investigado pela prática de três estupros ocorridos no ano de 2013, no mesmo bairro, contra jovens de 12, 14 e 15 anos. O confronto do material genético comprovou a autoria do crime.

De acordo com investigações, o suspeito agia sempre da mesma forma, esperando o momento exato em que a vítimas estavam sozinhas para abordá-las. As jovens eram arrastadas até carro do homem, um Gol branco, levadas até uma região afastada e estupradas. Em um dos casos, o homem chegou a roubar pertences da vítima.

Investigações

As investigações chegaram até o suspeito depois que uma das vítimas o viu na rua, meses depois do crime. Ele chegou até a perseguir e ameaçar a adolescente, que conseguiu anotar a placa do veículo e informar a polícia sobre o fato.

Com essas informações, a equipe policial iniciou uma sequência de investigações que resultaram na identificação do homem. O material genético dele foi recolhido para análise e, em confronto com o material colhido das vítimas, o resultado deu positivo.

O suspeito foi autuado pelos crimes de estupro, estupro de vulnerável e roubo. “Suspeita-se que esse agressor possa ter cometido outros crimes na região. Caso outras vítimas identifiquem o suspeito, devem procurar a Delegacia do Alto Maracanã ou ligar no telefone (41) 3605-6564, garantimos sigilo”, conclui o delegado-titular da unidade policial, Reinaldo Zequinão.