Foto: Colaboração/Banda B

Foi decretada na manhã desta terça-feira (15) a prisão preventiva de um homem de 25 anos denunciado pelo crime de estelionato, ao aplicar golpes por meio de sua empresa de venda de automóveis, a JM Veículos, na cidade de Rio Branco do Sul, região metropolitana de Curitiba.

O suspeito, Juan Paulo Sievisz, é acusado de lesar pelo menos 9 vítimas do município.”Ele pegava um carro de uma vítima em consignação, não pagava ao proprietário, revendia esse mesmo automóvel e ganhava o dinheiro duplamente, sem pagar o valor acordado com o vendedor e sem entregar a mercadoria ao comprador”, afirma o delegado Rafael Bacellar, responsável pelas investigações.

O inquérito, encaminhado pela Polícia Civil à justiça, afirma que os desfalques ultrapassariam o valor de R$ 350 mil. Todos os crimes teriam acontecido nos últimos onze meses. “Esse indivíduo possui uma loja de carros, vendendo e negociando diversos veículos, sempre com a ideia antecipada de prejudicar as pessoas ao não pagar o valor estipulado na negociação”, disse Bacellar, revelando ainda que outros casos foram registrados em Rio Branco do Sul e Almirante Tamandaré.

“Assim que ele descobriu que a Polícia Civil o estava investigando, o suspeito abriu outra loja em Tamandaré, lesando mais pessoas. A grande maioria é de origem humilde, o que torna esse caso ainda mais grave em razão da vulnerabilidade econômica e social das vítimas”, explica.

O delegado disse ainda que a operação foi feita “a toque de caixa”, para que o pedido de prisão preventiva fosse apresentado prontamente ao juiz da Comarca de Rio Branco do Sul. “Ele é um estelionatário perigoso, muito eloquente e com um grande poder de convencimento das vítimas. O lugar dele é na cadeia”, acrescentou Bacellar.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Polícia prende dono de loja de carros que aplicava golpes na RMC

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.