A Polícia Civil do Paraná fez um pedido para que o influenciador Eduardo Felipe Campelo, que é suspeito de lesar vítimas pelo ‘Jogo do Tigrinho’, seja incluído na lista da Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal. As investigações apontam que ele estaria foragido em Dubai, nos Emirados Árabes. Nesta terça-feira (14), Campelo fez uma série de postagens nas redes sociais, em que afirma ser vítima de perseguição. Ele ainda cita o atacante Neymar, que seria patrocinado por um site semelhante ao investigado pela Delegacia de Estelionato de Curitiba.

tigrinho
Reprodução

De acordo com as investigações, o grupo é suspeito de associação criminosa e por lesar vítimas através de jogos de azar e realizar rifas pelas redes sociais. Na manhã de segunda-feira (13), duas pessoas foram presas, em Colombo e Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba. Durante a ação, foram cumpridos ainda mandados de busca, com a apreensão de três veículos, uma moto e R$ 12 mil em espécie.

No Instagram, Campelo diz estar de ‘saco cheio’ da investigação

“Agora me expliquem uma coisa, se a pessoa entrar aqui, ela não tem risco de perder dinheiro?”, citando o site que patrocina Neymar. “Isso aí é perseguição, sai do meu mé. Eu faço a mesma coisa que todo mundo faz. Eu também já perdi muito dinheiro, mais de R$ 10 mil reais, queria arrancar os cabelos, porque eu não tive controle emocional. A culpa é do Neymar? Não, a culpa é minha”, diz.

Com a inclusão na lista da Interpol, a Polícia Civil quer que a prisão seja cumprida no exterior, com a consequente extradição do suspeito para o Brasil.

Investigações

As investigações, iniciadas em agosto de 2023, apontam que os investigados disponibilizavam, pelas redes sociais, links que direcionavam pessoas para sites de apostas no “Jogo do Tigrinho”. A Delegacia de Estelionato apurou que os suspeitos realizavam rifas em perfis de redes sociais de carros e valores em dinheiro. Na ocasião, as vítimas depositavam valores em troca da participação dos sorteios onde os indivíduos não entregavam os prêmios.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Polícia pede que influencer de Curitiba entre em lista da Interpol; foragido em Dubai, ele cita ‘publis’ de Neymar

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.