(Foto: EBC)

 

A Polícia Civil do Paraná ouviu nesta quinta mais um supeito de ter abusado sexualmente de um bebê de 4 meses de idade, em Ponta Grossa, interior do estado do Paraná. Na última semana, a menina foi internada no Hospital da Criança João Vargas de Oliveira e diagnosticada com tricomoníase, uma doença sexualmente transmissível. Não havia sinais de violência física na região íntima do bebê, mas foi coletado sêmem na vagina dela.

Segundo a delegada Ana Paula Cunha de Carvalho, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), as investigações giram em torno de três suspeitos: o irmão da garota, de 13 anos; o pai da criança, de 42 anos; e ainda o pai de outra irmã da vítima. Os dois adultos já foram ouvidos e se dispuseram a oferecer material genético para comparação. O adolescente deve ser ouvido ainda nesta quinta-feira.

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.