Da Redação

SUSPEITOS DENTROFoto: Divulgação Polícia Civil

A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFRV) está na caça dos dois suspeitos que mataram escrivão da Polícia Civil aposentado, Carlos Alberto Amorim Mafra, de 66 anos, crime que aconteceu no dia 8 do mês passado no bairro Batel, em Curitiba. Mafra foi uma das pessoas baleadas em uma tentativa de assalto a um veículo em uma distribuidora de bebidas.

De acordo com a DFRV, após intensa investigação, o caso se deu por elucidado, com a identificação dos criminosos como sendo Natanael de Paula da Silva e Sidinei Carlos Vieira. Quem fez uma das vítimas de refém e efetuou os disparos que acabaram por matar a Mafra foi Vieira.

A Justiça já expediu os mandados de prisão contra os dois suspeitos. “Eles já estão sendo então considerados foragidos pela polícia”, afirmou o delegado titular da DFRV, Cassiano Aufiero. Quem souber de alguma informação sobre o paradeiro dos suspeitos deve entrar em contato com a DFRV através do telefona (41) 3314-6400.

Policial morto

Mafra permaneceu um mês internado no Hospital Evangélico e morreu no último final de semana.

Notícias Relacionadas:

Depois de um mês internado, escrivão policial baleado em assalto no Batel morre no hospital

Mulher é usada como escudo em assalto no Batel e cinco são baleados em troca de tiros