Carro que a mãe e bebê estavam. Foto: A Rede

 

A Polícia Civil de Ponta Grossa investiga um caso de sequestro envolvendo uma mãe e um bebê de apenas cinco meses. Segundo o relato da vítima, ela foi sequestrada na manhã de quarta-feira (6) ao lado da filha e encontrada na manhã de quinta-feira. O próprio marido a encontrou na região da Palmeirinha. Para a polícia, ela contou que o sequestrador a manteve presa dentro do carro junto com a criança. As informações são da A Rede.

Conforme informações repassadas pelos envolvidos à Polícia Civil, na manhã de quarta, por volta das 6h, a mulher saiu de casa com a filha e desde então não foi mais vista e não deu notícias à família. Ela estava com o carro dela, um Chevrolet Ágile. O marido dela e outros parentes se mobilizaram em vários possíveis paradeiros, mas não conseguiram encontrar a mulher e o bebê.

Somente às 5h desta quinta, o Ágile foi visto por um dos familiares circulando pela rua Bento Ribeiro, na Palmeirinha, perto de uma igreja católica. Quando eles se aproximaram, o carro da vítima acelerou e fugiu por várias ruas da região até parar em uma via sem saída. Os familiares desceram do carro e encontraram a mulher e o bebê dentro do veículo.

A mulher estava bastante nervosa e disse que passou o dia todo sob o poder de um homem que, em alguns momentos, se identificou como Pio. Ele obrigou a vítima a dirigir o tempo todo enquanto usava drogas dentro do veículo e ameaçava a vida da mulher e do bebê. Quando ele percebeu que estava sendo seguido, obrigou a vítima a fugir e decidiu correr a pé quando o carro entrou em uma rua sem saída.

O carro da família foi levado para a 13ª Subdivisão Policial (SDP) para ser periciado. A Polícia Civil já instaurou um inquérito para apurar as circunstâncias do crime e chegar à autoria.