A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulga foto de dois suspeitos de homicídio, ocorrido no dia 29 de agosto deste ano, no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Um homem, de 21 anos, e uma mulher, de 18, possuem mandado de prisão temporária pelo crime e estão foragidos. A motivação do crime é um desacerto no momento da compra e venda de entorpecentes, já que o casal é traficante na região do Parolin, segundo a Polícia Civil.

Os policiais civis cumpriram três mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos suspeitos na manhã de quarta-feira (14), no mesmo bairro em que ocorreu o crime e no bairro Parolin.

“A vítima era usuária de entorpecentes, pegou um táxi de sua casa até o bairro Parolin, onde ele tinha costume de comprar drogas. Esse local era, inclusive, ao lado do trabalho dele. Ele chegou lá, entrou em desacerto com esses dois suspeitos, a gente sabe como funcionam as coisas dentro do mundo do tráfico. Ele brigou com a Bruna, respondeu ela e ele não poderia desrespeitar os traficantes dentro da própria biqueira. Por isso, o Luiz Fernando e outro comparsa, que estamos identificando, espancaram a vítima, a colocaram dentro de um carro roubado, o levaram até o bairro Novo Mundo, efetuaram disparos de arma de fogo e depois abandonaram esse carro”, descreveu o delegado Thiago Nóbrega, responsável pelas investigações na DHPP.

 

Divulgação: Polícia Civil

 

O corpo da vítima foi encontrado no bairro Novo Mundo, ainda com vida e encaminhado ao hospital, porém faleceu no dia 15 de setembro deste ano. Imagens de câmeras de segurança mostram o exato em que dois rapazes abandonam o carro, em uma rua deserta, no bairro Hauer.

Traficantes

O casal de namorados é reincidente, possui passagens pelo crime de tráfico de drogas já algum tempo. Segundo o delegado, ambos foram presos no dia 29 de setembro, em flagrante.

“Os dois foram presos em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Depois disso, Bruna ainda foi presa, novamente, pelo crime de tráfico de drogas no dia 10 de outubro e liberada pela Justiça no dia posterior. Agora, com os mandados de prisão em mãos fomos atrás deles, mas, não os encontramos mais”, finalizou o delegado.

 

Divulgação: Polícia Civil

 

Procura

A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização dos procurados. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou pelo 0800 643 1121 diretamente à equipe de investigação.

Vídeo

Assista ao vídeo divulgado pela Polícia Civil, onde mostra dois suspeitos abandonando um carro roubado usado para matar a vítima.