Pelo menos 100 aves usadas em rinhas de galo foram resgatadas por investigadores da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) após uma denúncia anônima. A descoberta do crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (2), em uma chácara localizada no bairro São Jerônimo, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba. Uma pessoa foi detida.

“Recebemos a denúncia informando de que no endereço possivelmente havia uma estrutura de rinha de galos. Chegando no local a denúncia se confirmou”, disse o delegado Matheus Laiola, da DPMA.

No endereço, foram encontradas e resgatadas 100 aves, sendo 50 delas usadas em rinhas, conforme relatou Laiola à reportagem da Banda B. “Os animais estavam em condições de maus-tratos. Havia vários animais mortos e muitos outros morrendo, sem qualquer acompanhamento”, explicou.

A operação teve apoio do grupo Força Animal e do S.O.S 4 Patas Campo Largo.

O dono da propriedade foi conduzido à delegacia e responderá pelo crime de maus-tratos.

Vídeo: