A Polícia Civil do Paraná cumpriu um mandado de busca e apreensão para apurar crime de corrupção passiva em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na segunda-feira (26). A ação ocorreu na casa de uma advogada, que atuou como estagiária em uma delegacia da polícia.

Foto: AEN

A suspeita, de 38 anos, teria recebido R$ 20 mil para favorecer um investigado em dezembro de 2019, quando trabalhava como estagiária na unidade de Colombo.

Foram apreendidos aparelhos celulares e um dispositivo eletrônico de memória. O mandado foi cumprido com a presença da Ordem dos Advogados do Brasil.

A Polícia Civil trabalha para descobrir se há outros envolvidos no crime.