(Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu, na manhã desta sexta-feira (1), um mandado monitoração eletrônica contra Heloísa Rolim de Moura, de 22 anos, conhecida como “Miss 155”. A suspeita foi abordada no apartamento onde reside com os pais, na rua Guaianazes, no bairro Vila Izabel, em Curitiba.

De acordo com a polícia, a mulher seria responsável por dezenas de furtos contra estabelecimentos comerciais em Curitiba, tendo sido reconhecida por pelo menos cinco pessoas, dentre vítimas e testemunhas.

A suspeita ganhou o apelido por conta de seu extenso histórico de crimes na região de Maringá e tinha como alvo preferencial lojas de roupas, mercados e farmácias, onde aproveitava a distração dos vendedores para efetuar furtos de mercadorias e celulares. Várias de suas ações foram capturadas em gravações por câmeras de monitoramento instaladas nas lojas, e encaminhadas à Delegacia pelos próprios comerciantes.

A operação aconteceu na residência de Heloísa, no bairro de Vila Isabel, onde a equipe da PCPR também cumpriu o mandado de busca e apreensão no imóvel, à procura de objetos que pudessem ser produtos dos crimes. A suspeita foi conduzida à Delegacia de Furtos e Roubos.

Heloísa acumula diversas passagens pela Polícia desde o ano de 2014, por furto, furto qualificado, tráfico de drogas, e já possui ações penais em andamento na justiça. O poder judiciário permitiu que a suspeita responda pelos crimes em liberdade, monitorada por tornozeleira eletrônica.