Policiais militares do Serviço de Inteligência do 9.º Batalhão descobriram um laboratório de drogas sintéticas que estava instalado na área rural de Morretes, no Litoral do Paraná. A ação policial ocorreu na manhã de sexta-feira (7), e resultou na prisão de três pessoas e apreensão de um adolescente.

De acordo com o relatório policial, por volta das 10h30, os militares foram até a localidade do Rodeio, na Estrada do Anhaia, próximo ao Parque Estadual do Pau Oco, com o objetivo de observar uma chácara onde, conforme denúncias, haveria um laboratório para refino de drogas.

Assim que iniciaram as diligências nas imediações do imóvel, os militares visualizaram que no interior de uma construção, tipo armazém, havia um indivíduo utilizando equipamentos de proteção individual para manuseio de produtos químicos, como máscara de filtro químico e luvas de borracha, de uso comum em laboratórios.

De imediato foi realizada a abordagem e o suspeito, de 31 anos, tentou fugir, mas foi contido no local. Em seguida, saíram do interior da casa principal mais dois suspeitos que correram em direção à estrada, sendo também abordados e verificado que se tratava de um rapaz de 27 anos e outro de 17. No interior da moradia ainda foi identificado um homem de 55 anos, que se apresentou como caseiro da propriedade.

Durante as buscas no interior da residência, foi localizadauma pistola calibre 9mm, com 16 munições, que escondida dentro de um forno a lenha. Em um dos quartos. foram encontradas buchas de maconha e uma bucha com material de cor marrom, similar à droga sintética.

Na edificação anexa, local da primeira abordagem e detenção do suspeito, foram encontrados vários objetos e substâncias químicas comuns à fabricação de drogas sintéticas, que acabaram apreendidas. Na abordagem, um dos suspeitos disse que as substâncias eram para a fabricação da droga sintética ecstasy, demonstrando inclusive os procedimentos de preparação da substância entorpecente

Em seguida, foram acionadas as equipes da Delegacia de Polícia Civil de Morretes e da Delegacia da Polícia Federal de Paranaguá, a qual enviou peritos para coleta e análise do material apreendido, sendo confirmado, após análise laboratorial, tratar-se de metanfetamina (droga sintética estimulante). Um total de 3,545 quilos do produto foi apreendido, bem como todos os utensílios para fabricação da droga sintética.

Segundo o que foi apurado pela PM, estima-se que cada grama da droga seria comercializada por R$ 50,00. Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Morretes para as providências necessárias.

Para mais informações sobre o Litoral do Paraná acesse o Agora Litoral clicando aqui.