A Polícia Militar (PM) apreendeu 50 quilos de maconha na noite desta terça-feira (13), no Bairro Alto, em Curitiba. O suspeito que levava a droga tem 42 anos e alegou que toda a quantidade era de uma torcida organizada do time do Coritiba, que ele fazia parte. A droga foi apreendida e o suspeito preso.

 

Foto: Banda B

 

O cabo Diego da Rotam do 13º BPM disse à Banda B que o suspeito alegou ser integrante de uma torcida e, então, tentou transferir a responsabilidade.

“Esse motociclista estava na Linha Verde e paramos para uma abordagem. Encontramos um quilo de uma substância análoga a maconha. Nesse momento, ele disse que a droga era da torcida do Coritiba, mas que na casa dele teria mais. Chegando lá, encontramos mais drogas, balança de precisão, artefatos para munir o tráfico de drogas. Ele fazia parte dessa torcida porque no guarda-roupa dele tinham camisas e moletons. Ele disse que a droga era deles, dessa torcida. Nessa hora, eles querem dividir a culpa com todos”, descreveu.

 

Foto: Banda B

 

O policial contou à Banda B que o suspeito estava indo entregar um quilo da droga a um comprador. “No momento da prisão, ele contou que estava indo entregar a droga a um consumidor, uma pessoa que havia comprado essa quantia. Ele já tem algumas passagens pela polícia, será tudo averiguado”, completou.

O suspeito, autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, deverá permanecer na Central de Flagrantes.

Outra situação

Policiais do Bope prenderam duas mulheres em flagrante com meio quilos de maconha, no bairro Boa Vista, em Curitiba, também na noite desta terça-feira (13). Elas alegaram que a droga não era delas.

Foto: Banda B