Por Denise Mello e Antonio Nascimento

placasPlacas encontradas no carrinho do catador – Foto: Antonio Nascimento/Banda B

Um catador de material reciclável acabou coletando o que não devia na manhã desta quarta-feira (3), em Curitiba. Daniel da Silva Assis, de 22 anos, foi preso em flagrante no momento em que levava em seu carrinho duas placas de publicidade instaladas em um ponto de ônibus da Rua Desembargador Westphalen esquina com a Rua João Parolin, no bairro Parolin. Ele estava ao lado de outro homem, que fugiu.

A denúncia foi feita à Guarda Municipal, que abordou o catador e o comparsa na rua e encontrou as placas no carrinho. Assis foi preso em flagrante, mas o companheiro conseguiu correr.

No Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), um representante da empresa responsável pelas placas nos pontos disse à Banda B que, infelizmente, está cada vez mais comum este tipo de furto. Ladrões se interessam pelas peças porque são feitas em alumínio e podem ser revendidas como material reciclável.

O catador deve responder por furto.

Placas

As placas de publicidade nos pontos de ônibus de Curitiba são instaladas por meio de licitação feita pela Secretaria Municipal de Administração. As empresas podem colocar anúncios nos equipamentos urbanos, como pontos de ônibus, bancas de revistas e placas sinalizadoras de equipamentos, e na chamada mídia embarcada, composta pelos próprios ônibus. Para isso, devem, também, cuidar desses espaços e pagar um valor à Prefeitura, que é sempre destinado ao sistema de transporte coletivo. Os contratos são fiscalizados pela Urbanização de Curitiba (Urbs).