Um homem, que supostamente seria pistoleiro, foi baleado por guardas municipais após ser flagrado tentando assassinar um pedreiro, de 44 anos, na manhã desta segunda-feira (2), em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. O criminoso contratado para matar teria 27 anos e está em estado gravíssimo.

Agentes da Guarda Municipal (GM) abasteciam uma viatura em um pátio próximo à Avenida dos Expedicionários, na região do Bom Jesus, quando ouviram tiros e foram verificar.

Foto: Djalma Malaquias/Banda B

De acordo com o apurado pela reportagem da Banda B, os agentes teriam percebido que o suspeito estaria atirando contra um veículo Belina e tentaram o abordar.

“A equipe se deparou com o individuo armado e correndo, atirando contra outro rapaz. Demos voz de abordagem, mas ele se recusou a acatar a ordem e tentou disparar contra a equipe”, disse um dos guardas municipais.

Na sequência, o suspeito foi alvejado por três tiros.

“Quando chegamos no local, ele já estava caído ao chão. Ele teve um disparo na perna, um no braço e outro no tórax”, disse o socorrista Marcos à Banda B.

Foto: Djalma Malaquias/Banda B

Ainda conforme relatos do socorrista, o atirador teve hemorragia interna e esteve consciente até a chegada da ambulância. “Quando chegamos ao hospital, ele já começou a perder a consciência”, acrescentou Marcos.

Ele foi levado ao Hospital Nossa Senhora do Rocio, também em Campo Largo.

Vítima

O dono da Belina, que seria a vítima e alvo do suposto pistoleiro, contou que estava a caminho do trabalho quando foi surpreendido. Destacou durante entrevista que não conhece o atirador e que sequer sabe das causas para o quererem morto. “Ele atravessou na minha frente e me alvejou”, disse à Banda B.

Segundo apurado, o homem teria dito à Guarda Municipal que foi contratado para matar o pedreiro. No carro da vítima, há marcas de tiro no capô e nos faróis. Ele não se feriu.

“A equipe ouviu em torno de oito disparos contra a vítima. Quando nos aproximamos, ele disparou mais uma quatro vezes, no mínimo. Ele disse à equipe que a intenção era matar mesmo”, concluiu o agente.

Com o criminoso, agentes apreenderam uma pistola com pelo menos seis munições intactas.

De acordo com a GM, ele tem vários antecedentes criminais, incluindo furto e roubo qualificado.