Redação com PF
A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira (21), a 13ª Fase da Operação Lava Jato em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Ao todo, 16 policiais federais cumprem seis mandados judiciais, sendo quatro de busca e apreensão (1 no município de Itanhandu/MG; um no Rio de Janeiro e dois em São Paulo), um de condução coercitiva ( São Paulo) e um de prisão preventiva (São Paulo).

O preso é o empresário Milton Pascowitch, que presta serviços à Ecovix, empresa do ramo de construção naval e offshore. Ele foi preso em casa e será trazido para a sede da PF, em Curitiba. O nome do empresário foi divulgado pelo site G1.

De acordo com a PF, esta fase tem por objetivo apurar fatos criminosos atribuídos a dois operadores financeiros que atuavam juntos a contratos firmados por empreiteiras com a Petrobras.

A Operação Lava Jato foi deflagrada em março de 2014 e até o momento já desmontou um esquema que, segundo as autoridades policiais, movimentou cerca de R$ 10 bilhões.

A PF informou que dará mais detalhes desta nova fase da Lava Jato em entrevista coletiva às 10 horas na sede em Curitiba.