Um pedreiro, com aproximadamente 30 anos, foi morto após se envolver em uma briga dentro de um bar por dois dias seguidos. De acordo com testemunhas, o homem teria se envolvido em uma discussão na última quarta-feira (20) e nesta quinta (21) acabou assassinado a tiros. O crime aconteceu no bairro Cajuru, em Curitiba.

De acordo com moradores da região, e conhecidos da vítima, na quarta-feira ele teria ido ao bar após um dia de trabalho e se envolveu em uma discussão com um cliente. Contudo, conforme testemunhas, os dois acabaram brigando novamente nesta quinta-feira, com direito a tapa no rosto, e a confusão culminou com o homicídio.

Foto: Daniela Sevieri/Banda B

Uma testemunha, e colega do rapaz, contou à Banda B que ligaram para ela e informaram que ele estaria passando mal, por isso apenas o Samu teria ido ao local. Entretanto, quando a mulher chegou no bar, a equipe do Samu já estava prestando atendimento médico e o colocaram na ambulância.

“Me ligaram e falaram que ele havia tido um mau súbito, mas quando cheguei vi que estavam tentando reanimá-lo e o colocaram dentro da ambulância. Depois de alguns minutos nos falaram que ele tinha levado um tiro no peito e já estava morto”, descreveu a testemunha.

Após constatada a morte do pedreiro, a polícia foi acionada.

Ainda, a Banda B apurou que depois da briga ele foi colocado para fora do bar, mas ninguém chamou a ambulância para socorrê-lo. “O bar estava fechado quando cheguei”, disse.

O Instituto Médico Legal fez o recolhimento do corpo para que exames complementares possam ser realizados.