Drogas estavam dentro de uma bolsa. Foto: Divulgação PMPR

 

A passageira de um Uber foi presa com dez quilos de maconha, na noite desta quarta-feira (8) no bairro Xaxim, em Curitiba. Ela ficou nervosa ao ver uma viatura da Rone da Polícia Militar (PM) e acabou confirmando a posse da droga. O motorista não tinha envolvimento e foi liberado.

Os dois estavam em um Renault Logan e pararam na rua Catarina Goossen, por volta das 23h15, a pedido da passageira. O tenente Souza, da Rone, disse que o nervosismo dela fez a equipe decidir pela abordagem. “Eles estavam parados na rua, quando a viatura se aproximou, o motorista deu a partida e seguiu. A mulher passageira ficou olhando a viatura, acompanhando pela janela, em uma atitude suspeita. Isso fez com que os policiais dessem voz de abordagem”, contou Souza.

Segundo a polícia, o motorista faz parte da empresa Uber e atua no aplicativo de carona há cerca de um ano. “A passageira tinha tornozeleira eletrônica, o que revela que já tem passagem pela polícia, e carregava em uma bolsa, entre as pernas, dez quilos de maconha. Ela confessou que aquilo era dela e que entregaria essa droga a uma terceira pessoa”, descreveu o tenente à Banda B.

A passageira confirmou que era dona da droga, que estava esperando no local combinado a entrega a uma outra pessoa.
Ela confirmou que o motorista do Uber não tinha envolvimento com a venda da droga e os policiais checaram que havia cadastrado normalmente a corrida no sistema. A mulher já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e foi presa em flagrante pelo mesmo crime. Policiais a encaminharam a Central de Flagrantes, no centro de Curitiba.