Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Uma grande operação na feirinha do bairro Água Verde, em Curitiba, mobilizou Polícia Militar, Guarda Municipal e também agentes da fiscalização integrada da Prefeitura de Curitiba. A operação, batizada de ‘Feira Segura’, aconteceu por volta das 20 horas desta quarta-feira (10) na avenida República Argentina esquina com a rua Mato Grosso, ao lado do Shopping Água Verde.

A Feira Segura foi montada após inúmeras denúncias de moradores próximos sobre os constantes atos de vandalismo e também do uso de drogas durante a tradicional feirinha de quintas-feiras. Para conter ilícitos, cerca de 200 pessoas, entre PMs e guardas foram até o local.

“Essa reclamação é muito antiga da comunidade local. É a venda de álcool para menores, vandalismo, pichações, criminalidade em geral, perturbações. Então viemos restabelecer a paz nesse local. A feira é um caso a parte, já que esses trabalhadores estão ganhando o dinheiro honestamente. Na verdade, o objetivo da operação são esses adolescentes e jovens que se drogam e bebem e acabam formando uma algazarra generalizada”, explicou o tenente Cantador da 5º Companhia da Polícia Militar, que fez parte da operação.

Ao redor da feirinha pelo menos 100 pessoas estavam reunidas fazendo o consumo de bebidas alcoólicas e também de entorpecentes. O balanço oficial da Polícia Militar deve sair em breve, ainda na manhã desta sexta-feira.

No entanto, policiais adiantaram que entre as pessoas que foram detidas, alguns adolescentes também foram encaminhados a Delegacia do Adolescente (DA). Também, informações preliminares indicam que quase meio quilo de maconha foram apreendidos na operação.