A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpre, na manhã desta terça-feira (3), 19 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca domiciliar contra um grupo criminoso comandado por presos, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Trata-se de mais uma etapa da “Operação Bruxo”, que tem como objetivo responsabilizar criminalmente todos os integrantes de associação destinada ao tráfico de drogas no município.

Foto: Antônio Nascimento/Banda B

 

O nome da Operação deve-se ao fato que uma das lideranças possui tal acunha e comanda o tráfico mesmo preso na
Penitenciária Estadual de Piraquara II (PEP II). A outra liderança do grupo está encarcerada na Penitenciária Central do Estado (PCE), porém, em plena atividade na organização do tráfico, exercido pelos demais membros a eles subordinados.

“Lembrando que existem pessoas já presas que lideram essas associações criminosas e que também estão sendo responsabilizadas. Um, conhecido pelo apelido de Bruxo, está na PEP II, o e outro, conhecido como Fernandinho, que se encontra preso na PCE. Esse estava com tornozeleira eletrônica e o prendemos pela prática de tráfico de drogas, mas, mesmo depois de preso, ele continuou comandando a associação”, descreveu o delegado Ricardo Casanova, da Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC).

Ainda de acordo com o delegado, a localidade exata de onde eles comandavam fica no bairro Jardim Paulista, em campina Grande do Sul. “Mas tem familiares que dão suporte em outras localidades,  que também foram pedidos buscas e apreensão. Mas a localidade exata é o bairro Jardim Paulista e também outros bairros, em Campina Grande do Sul”, explicou o delegado.

Na operação de hoje, três mulheres já foram encaminhadas à DENARC. “Mas existem mais presos e mais flagrantes que serão lavrados. Temos drogas e armas de fogo apreendidos também. Vamos fazer, logo mais, a contabilização do resultado dessa operação”, disse Casanova.

‘Operação Bruxo’

Durante a operação, que começou em maio deste ano, foram presas 15 pessoas em flagrante por tráfico de drogas e apreendidos 03 adolescentes pela prática do mesmo ato. Além disso, foram apreendidos 4,5 quilos de cocaína, mais de R$ 25 mil em espécie, balanças de precisão e quatro veículos automotores.

A Guarda Municipal local apoiou a PCPR em algumas ações ocorridas no transcurso da operação.