A Delegacia da Mulher prendeu a namorada do homem suspeito de ser o ‘Maníaco do Sandero’, que é investigado por diversos crimes sexuais ocorridos no mês de dezembro, em Curitiba. A jovem de 23 anos foi presa no final da tarde da última sexta-feira (10), durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa em que reside, no bairro Juvevê. Com ela, os investigadores encontraram quatro munições da arma utilizada com o suspeito preso dois dias antes.

Foto: Banda B

Segundo a Polícia Civil, ela foi presa por posse ilegal de munição, já que assumiu ser a dona do material.

A delegada Eliete Kovalhuk conta que a namorada teria entrado em diversas contradições enquanto era ouvida como testemunha. “Ela começou a dar informações evasivas e contraditórias. Isso soou estranho para nossa equipe. Ela também deu um endereço que não sabia certificar ao certo o andar e o apartamento. Tudo isso nos chamou a atenção e por isso requisitamos o mandado de busca e apreensão para ser cumprido nesse local”, disse a delegada.

Além das munições, vários outros pertences do maníaco foram encontrados no apartamento. “Ela falou que ele não morava com ela, mas nós encontramos todas as roupas e pertences dele nessa residência”, afirmou Kovalhuk.

Ainda de acordo com a delegada, três vítimas compareceram à delegacia para fazer o reconhecimento do suspeito e confirmaram tratar-se do autor dos ataques.

Prisão

O homem de 30 anos, preso pela polícia no final da tarde de quarta-feira (8) suspeito de ser o “Maníaco do Sandero”, foi reconhecido por pelo menos uma vítima. Informações dão conta que ele teria inclusive tentado cometer o suicídio antes de ser preso.

O suspeito é foragido de Santa Catarina por um mandado de roubo. Ainda na sexta-feira, ele prestou depoimento à Justiça.