Uma mulher de 33 anos foi baleada por um policial militar na manhã desta terça-feira (26), no Jardim das Américas, em Curitiba. Segundo a Polícia Militar (PM), ela portava um simulacro – arma de brinquedo – e apontou para o policial durante um assalto embaixo de uma passarela da BR-277. O comparsa dela, que estava em uma motocicleta, fugiu e a deixou ferida. A suspeita foi socorrida.

De acordo com o relato da ocorrência, um servente de pedreiro, que estava indo trabalhar, foi abordado por um casal de moto, na primeira passarela depois do viaduto com a Linha Verde. A mulher desembarcou e anunciou o assalto. Um policial que voltava para casa viu a ação e interferiu.

O tenente Borni do 20º Batalhão de Polícia Militar disse que a mulher apontou a arma para o militar. “Policial nosso voltando do serviço presenciou um assalto, um roubo acontecendo. A autora estava com arma em punho, ela visualizou o policial, apontou a arma para ele, que revidou a injusta agressão”, descreveu à Banda B.

A suspeita foi baleada no abdômen e socorrida em estado grave ao Hospital Cajuru. Embora grave, a mulher estava consciente e estável. O motociclista e comparsa dela fugiu e ainda não foi identificado.

O trânsito no sentido São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, está lento por causa do atendimento e de curiosos que diminuem a velocidade para ver a situação.