Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Foto: Antônio Nascimento - Banda BFoto: Antônio Nascimento – Banda B

Uma mulher de 59 anos, que estava desaparecida há pelo menos quatro dias, foi encontrada morta no começo da tarde desta segunda-feira (13) em um apartamento da Avenida Sete de Setembro, no Centro de Curitiba. De acordo com a polícia, a família estava preocupada com o sumiço e pediu para que a síndico verificasse o apartamento. Percebendo a porta apenas encostada e algo estranho, ele imediatamente chamou a polícia.

De acordo com o delegado Renato Coelho, a vítima possuía de três a quatro feridas provocadas por arma de fogo no corpo. “No apartamento não há nenhum vestígio de briga, apenas sangue próximo a cama, então temos que verificar o que aconteceu. Também encontramos a arma calibre 38 ao lado do corpo, mas a hipótese de suicídio já está descartada”, comentou.

A vítima foi identificada como Dilma Mozart. Ela morava sozinha no apartamento e, segundo as primeiras informações, não costumava receber visitas em casa.

Segundo o delegado Coelho, a primeira hipótese levantada tem relação a alguma briga judicial. Câmeras de segurança devem ajudar na identificação dos suspeitos.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.