Thaísa Araújo, de 30 anos, foi baleada e morreu na manhã deste domingo (19), enquanto caminhava pela rua Eugênio Parolin, no bairro Parolin, em Curitiba. A motivação do crime ainda não é conhecida pela polícia.

Foto: Antônio Nascimento/Banda B

Segundo o tenente Pallu, do 12ª Batalhão da Polícia Militar, uma ligação pelo 190 denunciou tiros de arma de fogo na região e no local a equipe se deparou com a vítima ferida. “As equipes se deslocaram ao local e acabaram constatando uma vítma com ferimentos de arma de fogo. O Siate foi acionado e constatou o óbito da mulher. Ainda não há informações sobre a motivação do crime”, contou o tenente.

De acordo com testemunhas, a vítima seria muito querida pela vizinhança e usuária de drogas. Os disparos que atingiram a mulher teriam vindo de um grupo criminoso conhecido da região.

Familiares da vítima compareceram ao local, mas também não souberam informar a motivação do crime. Ainda segundo Pallu, Thaís tinha passagens pela polícia.

O caso agora será investigado pela Polícia Civil.