Uma mulher de 40 anos foi violentamente espancada pelo namorado na madrugada deste sábado (2), na Praça Tiradentes, no centro de Curitiba. Ela foi salva por uma equipe da Guarda Municipal que chegou bem no momento em que o homem de 25 anos a agredia. Ele ainda tentou fugir, mas acabou sendo preso em flagrante dizendo, mesmo diante das evidências, que não tinha batido em ninguém.

Vítima foi amparada pela Guarda na Praça Tiradentes – Foto: GM

De acordo com o guarda Joaquim Silva, por volta da 0h30, uma pessoa que passava pela praça alertou a equipe em patrulhamento que um homem estaria batendo em uma mulher atrás da igreja. A equipe foi até o local e viu o agressor espancando a vítima.

“Ele estava batendo na mulher e, assim que nos viu, saiu correndo. Iniciamos a perseguição e logo ele foi preso. Estava bastante alterado e gritava que não tinha agredido ninguém, apesar das evidências. Imediatamente, prestamos socorro à vítima e chamamos o SAMU”, contou o guarda.

Agressão ocorreu em frente à Catedral – Foto: GM

O agressor é um haitiano que teria um relacionamento com a mulher, que é brasileira. Na ambulância, a vítima foi socorrida com várias marcas de agressão no rosto e no corpo. Ela também teve um dos braços quebrados. A vítima foi encaminhada ao hospital.

No local do espancamento, a Guarda encontrou uma garrafa de vodka. O homem foi encaminhado à delegacia da Mulher para o registro da prisão em flagrante.