A família de Daiana Pazinatto, 32 anos, terminou a noite de domingo (7) em choque, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A mulher foi morta com um tiro acidental que, segundo o namorado, aconteceu no momento em que ela foi ajudá-lo a guardar a arma que ele tinha e era regularizada. 

Daiana teria sido morta com disparo acidental de arma, em São José dos Pinhais. Foto: Arquivo Pessoal.
Daiana teria sido morta com disparo acidental de arma, em São José dos Pinhais. Foto: Arquivo Pessoal.

A situação aconteceu por volta das 20h, na casa em que o casal morava, na Rua Abílio Constantino da Rocha, no bairro Borda do Campo.

O tenente Taborda, do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM), contou que o namorado disse ter pedido à Daiana que alcançasse a arma. 

“Ele disse que ela foi alcançar a arma para que ele pudesse guardar em local seguro, no momento em que houve o disparo. Atingiu na mão, no tórax e no pescoço”. 

O socorro foi acionado e os bombeiros tentaram reanimar a mulher, mas ela não resistiu. Daiana trabalhava como auxiliar de serviços gerais em uma escola da cidade e à noite fazia bicos em um restaurante.

Investigação

O namorado, que não teve o nome divulgado, foi encaminhado à delegacia. A Polícia Civil de São José dos Pinhais deve apurar se a situação foi de fato acidental ou não.

Segundo o tenente, as informações passadas pelo namorado podem atestar que não foi um crime. Apesar disso, a Polícia Civil vai apurar a situação por completo.

“Informações preliminares. Por isso ele foi conduzido à delegacia, para prestar esclarecimentos. Deve ser liberado se as informações forem contundentes, mas cabe à Polícia Civil decidir isso”. 

Foto: Portal Banda B.

Alerta é válido

A princípio, como destacou o tenente, a arma de fogo era regular. O PM alertou que situações como essas podem acontecer, por isso a importância de cuidar com o manejo de armas em casa.

“Com o aumento de armas de fogo nas casas, a gente sempre frisa para que os donos as deixem em local seguro, a arma sempre travada, para evitar alguma situação desse tipo”. 

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Mulher é morta com tiro ao pegar arma e namorado afirma ter sido acidental

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.