A auxiliar de serviços gerais Angélica Moreira dos Santos, de 30 anos, foi assassinada pelo marido Elias Cordeiro, no fim da noite deste sábado (25), no bairro Butiatuvinha, em Curitiba. O crime aconteceu na residência do casal na rua Professor Sydnei Lima Santos, na Vila Três Pinheiros.

angelica feminicidio butiatuvinha
Foto: Reprodução Redes Sociais

A Banda B esteve na casa da família na manhã deste domingo (26). Bastante abalados, os familiares não quiseram gravar entrevista, mas confirmaram as informações.

Angélica e Elias teriam discutido por volta das 23h30 e, durante o desentendimento, ele puxou a faca para a esposa. O homem golpeou ela várias vezes na frente do filho do casal, de apenas sete anos.

A mulher chegou a ser socorrida, mas morreu na ambulância a caminho do hospital.

O irmão da vítima disse que teve um pressentimento e foi até a casa. Ao tentar defender a irmã, também foi atingido com duas facadas. Ele segue internado.

Depois do crime, Elias fugiu em disparada e acabou sofrendo um acidente de carro. Ele foi preso.

Angélica deixa dois filhos – um com Elias e o mais velho de outro relacionamento.

Relacionamento conturbado

O casal estava junto há oito anos. Segundo a família, Elias tinha um comportamento agressivo e ciumento. Ele chegou a ser preso anteriormente por agredir Angélica.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Mulher é morta a facadas pelo marido na frente de filho do casal em Curitiba; irmão da vítima ficou ferido

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.