Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Uma situação estranha aconteceu durante a madrugada desta segunda-feira (28) no bairro Santa Cândida, em Curitiba. Uma mulher chamou a Polícia Militar (PM) para prender o marido, de 26 anos, que teria agredido o filho do casal de 4 anos.

Entretanto, na delegacia, a mulher parecer ter tido uma crise de esquecimento e não relatou nada aos policiais civis de plantão. A possível vítima das agressões tinha alguns ferimentos principalmente no rosto. O suspeito garantiu que a criança tinha caído do skate e em nenhum momento foi agredida.

Sem provas contundentes, o delegado Ricardo Monteiro, de plantão no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, para qual o suspeito foi encaminhado, o autuou por lesão corporal. Ele assinou Termo Circunstanciado e foi liberado.