O motorista de um caminhão de mudanças foi baleado de raspão na cabeça no fim da manhã deste sábado (31) na BR-277, no bairro Orleans, em Curitiba. Ele fazia a troca de um pneu do veículo quando foi abordado por um ladrão armado que, durante o crime, acabou disparando duas vezes.

Socorro foi feito ao Hospital do Rocio, em Campo Largo (Fotos: Marcelo Borges – Banda B)

 

O caminhoneiro estava com a esposa no caminhão e seguia para a cidade de Teixeira Soares, onde levaria alguns móveis para a casa do filho. O pneu furou e o ladrão se aproveitou, como contou à Banda B a esposa da vítima baleada, que viu tudo. “Ele queria levar o caminhão. Ele veio do lado do carona, onde eu estava sentada e, quando olhei, já imaginei que era um assalto. Meu marido olhou e falou, ‘pois não’, aí o ladrão falou que era um assalto e pediu para passar tudo”, explicou.

Quando o motorista tentou argumentar que o caminhão estava com o pneu furado, o ladrão disparou. “Foi para o lado do meu marido, porque queria levar o caminhão. Meu marido falava que o pneu estava furado e ele não queria saber, daí o ladrão atirou”, contou a esposa.

Tiro acertou parte do caminhão

 

A mulher relatou ainda que foram momentos desesperadores. “Na hora eu pensei o pior, achei que ele tinha morrido, mas graças a Deus foi de raspão. Meu marido falava que ia morrer, porque foi na cabeça e a gente tentou acalmá-lo”, descreveu.

O motorista do caminhão foi socorrido ao Hospital do Rocio, sem risco de morte. A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal fizeram buscas na região e prenderam um suspeito de ser o comparsa do atirador, que não foi localizado. O acusado foi encaminhado à Central de Flagrantes. A polícia já conta com um possível nome do autor dos disparos.