Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Um pedestre de 35 anos que tentava atravessar a rua Francisco Derosso, no bairro Xaxim, em Curitiba, morreu atropelado no fim da noite desta terça-feira (8). O motorista do Audi A3, que causou o acidente, chegou a descer do carro, mas apenas recolheu a placa dianteira que caiu na via e fugiu, sem prestar qualquer socorro à vítima. Raul Cloches Guedes, 20 anos, foi preso em flagrante por omissão de socorro.

O acidente aconteceu por volta das 23 horas, próximo ao viaduto da Linha Verde. A vítima, ainda sem identificação oficial por não carregar documentos, tentava atravessar a rua quando foi atropelada pelo A3. Ele estava com um fone de ouvido, o que pode ter dificultado a atenção no momento de atravessar. O cabo Bova, do Corpo de Bombeiros, disse à Banda B que a vítima apresentava uma parada cardíaca no momento da chegada do socorro.

derosso-dentroParte do carro que quebrou com o impacto do atropelamento. Foto: DB/Banda B

“A hora que a gente chegou, tinha um médico que chegou e fez os primeiros socorros. Iniciamos a ressuscitação, mas ele já estava em parada cardíaca. Infelizmente, ele não resistiu. Todos contavam no local que o motorista do Audi tinha saído para pegar a placa, desceu e foi embora”, descreveu o cabo.

Testemunhas contaram que o jovem motorista do carro desceu, logo após o acidente. Ao invés de socorrer o pedestre, o motorista teria andado alguns metros para recolher a placa do parachoque, que caiu com o impacto do atropelamento, e fugiu andando. Um motociclista que viu toda a cena passou a seguir o jovem e acionou a Polícia Militar, que prendeu Guedes em casa.

O motorista foi encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) por omissão de socorro. Na especializada caberia ao delegado arbitrar fiança ou não. O corpo da vítima fatal foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba onde aguarda a identificação oficial.