O motociclista atingido por um carro em fuga no bairro Água Verde, em Curitiba, segue internado em estado grave, segundo informações confirmadas pela Polícia Civil nesta segunda-feira (20). Ele foi uma das três vítimas do grave acidente ocorrido no cruzamento da Avenida Guilherme Pugsley com a Avenida Água Verde. O casal que estava no outro veículo atingido recebeu alta do Hospital Cajuru na noite de sábado (18).

Foto: Banda B

A colisão aconteceu na noite de sexta-feira (17). De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista do veículo Duster admitiu que havia bebido e fugiu da abordagem. O motociclista e o casal ficaram feridos após a Duster furar o sinal vermelho.

De acordo com o delegado Edgar Santana, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), o exame do motorista que provocou o acidente apontou 0,29 miligramas de álcool por litro de ar expelido, o que fica abaixo da margem que possibilitaria prisão por embriaguez. “Por conta disso, ele foi autuado por velocidade incompatível com a via e provavelmente vai responder por lesão corporal assim que as vítimas representarem”, explicou.

O motociclista que está internado tem 25 anos e trabalha como porteiro.

Como não foi constatada a embriaguez, o motorista da Duster foi liberado, mas pode perder a habilitação para dirigir.

A Dedetran segue investigando o caso.