A Delegacia da Polícia Civil do Paraná de Piraquara esclarece que o homicídio ocorrido em uma igreja, no dia 4 de outubro, foi motivado por uma dívida de R$ 80 mil, oriunda de agiotagem e tráfico.

Foto: Reprodução.

Em entrevista, o Delegado Paulo Renato afirmou que o rapaz morto tinha envolvimento com agiotagem, tráfico de drogas e teria ameaçado de morte os autores do crime.

“A motivação do homicídio é o fato da vítima trabalhar com agiotagem e até com tráfico de drogas. A vítima também cobrava, com extrema violência, os devores que não quitavam os empréstimos. Uma senhora, dias antes foi espancada por esse rapaz que morreu. No dia dos fatos, o suspeito teria ido até a casa de um dos autores que devia cerca de 80 mil reais, fez ameaça de que se ele não quitasse a dívida, ele seria executado.”

Relata o Delegado Paulo Renato

A investigação da PCPR é de que dentro da igreja houve confronto. Durante a entrevista o Delegado afirmou que o suspeito que morreu estaria armado, por isso a razão de haver dentro da igreja diversos disparos de arma de fogo.

O delegado também informou que vai pedir a prisão de um dos suspeitos, que já foi identificado. O segundo suspeito ainda será identificado.

As diligências vão continuar e novas pessoas devem ser ouvidas afim de esclarecer os fatos.

Veja o vídeo das câmeras de segurança

Câmeras de segurança registraram o momento em que a dupla invade a igreja e, já do lado de fora, algumas pessoas correm.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Morte dentro de igreja em Piraquara foi motivada por dívida de R$ 80 mil de agiotagem e tráfico, diz polícia

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.