Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

morador-ruaRapaz vive na FAS e tentou se esconder do frio. Foto: DM/Banda B

Moradores do bairro Batel, em Curitiba, acionaram a Polícia Militar (PM) no início da manhã desta sexta-feira (29) ao ouvirem gritos de um homem. O pedido de socorro vinha de um morador de rua que ficou preso dentro de um casarão abandonado na rua Comendador Araújo, esquina com a Presidente Taunay. Segundo ele, o frio intenso fez com que ele procurasse um local com pouco vento para dormir. A porta emperrou e ele começou a gritar, pedindo ajuda.

Segundo a Polícia Militar (PM), os moradores da região ouviram os gritos e ligaram para o 190. O Corpo de Bombeiros (CB) foi ao local, por se tratar de um resgate. “Foi difícil achar a entrada, mas depois conseguimos tirá-lo dali. Ele se fechou em um cômodo que só abriu pelo lado de fora. Dormiu ali, acordou no início da manhã e começou a gritar pedindo ajuda quando viu que estava preso”, descreveu o soldado Kehrwalder à Banda B.

Ainda um pouco assustado, o morador de rua, que tem 23 anos, confirmou que entrou no local apenas para dormir. “Eu durmo no FAS (Fundação de Ação Social), às vezes, mas hoje eu estava na rua, longe, muito frio, aí eu entrei aqui. Só que quebrou a chave quando eu fui tentar sair. Eu comecei a pedir socorro, meu”, finalizou.

Sem ter cometido nenhum crime, o morador de rua foi orientado a procurar o departamento social do município e foi liberado.