Foto: Colaboração

 

Uma mochila carregada com supostas dinamites mobilizou o Esquadrão Antibombas, durante a tarde desta segunda-feira (27), na Cidade Industrial de Curitiba. De acordo com a Polícia Militar (PM), moradores da região perceberam o material e imediatamente chamaram o 190. A semelhança era tanta, que os policiais só descobriram que não se tratava nada disso apenas em laboratório especializado.

À Banda B, o capitão Kredens explicou que a mochila estava largada na Rua Antonio Alberto Magrin e a polícia ainda não sabe se foi um trote. “Assim que chegamos ao local, retiramos com todo o cuidado possível, porque realmente aparenta ser uma emulsão explosiva. Posteriormente, no laboratório, constatou-se que era uma massa de calafetar”, explicou.

O capitão comentou que a embalagem pode ter sido apagada com o atrito, o que ocasionou essa dúvida. “Sempre que houver alguma chance de perigo, o Esquadrão deve ser acionado, que é quem faz a verificação”, concluiu.

Após o susto, a região foi liberada.