Uma cena assustou o morador de Colombo, Cristian Coradin, de 29 anos, que, após não achar os dois cães, encontrou um morto e outro ferido, na Rua Francisco Caetano Coradin, na Colônia Faria, na manhã da última terça-feira (24). Tigrinho foi o primeiro a ser encontrado, já sem vida. O outro cachorro – Urso – foi resgatado, tratado, mas está com sequelas por conta do tiro.

 

Foto: Arquivo Pessoal

 

O dono dos cães, Paulo Coradin, contou que não estava em casa quando aconteceu e que não entende como que os animais saíram do terreno. “A gente foi viajar, eu e minha esposa, estávamos em Minas e meu filho ficou sozinho em casa. Depois de 3, 4 dias que a gente estava fora de casa, meu filho mandou mensagem que os cachorros não estavam mais no quintal e meu quintal é muito bem fechado”, disse Coradin em entrevista à Banda B na manhã desta segunda-feira (30) .

O filho de Paulo, Cristian Coradin, estava procurando e logo perto de casa encontrou Tigrinho morto. “Cerca de 500 metros de casa, meu filho foi procurar onde estavam os cachorros e achou um dos nossos morto e o pastor alemão não encontrou”, explicou Paulo.

Após se deparar com Tigrinho morto, ele foi em busca de Urso, já sem esperanças, começou a perguntar para os moradores da região. “Ele começou a perguntar para os vizinhos mais próximos e um menino contou que ouviu 4 disparos durante a noite. Meu filho voltou e acabou achando o outro cachorro embaixo de uma árvore ensaguentado. Meu filho mandou mensagem pra mim e eu acionei um veterinário”, falou Paulo Coradin.

Paulo Coradin lamentou a situação. “Não são cachorros que vivem na rua, aconteceu um, imprevisto, e a pessoa poderia ter aliviado”.

Os donos dos cães farão a denúncia para a Polícia Civil nesta segunda-feira (30).