Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Cesar Cielo? Gustavo Borges? Fernando Scherer? Que nada, o recordista de Campo Largo nos 100 metros rasos da natação é o soldado João Lucas. Na madrugada desta quinta-feira (10), de coturno e farda da Polícia Militar (PM), ele entrou em uma represa no bairro Ferraria e, a nado, prendeu um ladrão de farmácia, depois de alcançá-lo, mesmo saindo em desvantagem.

A história do novo recorde mundial de prisão em represa começou durante a madrugada, quando uma farmácia foi arrombada. “A equipe policial abordou uma Fiat Strada, estacionada do lado do estabelecimento, porém os marginais fugiram. Dois entraram em um matagal e não foram encontrados. O outro saiu em disparada com a caminhonete”, explicou à Banda B o subtenente Luiz, da PM.

STRADAStrada foi apreendida pelos policiais (Foto: Colaboração Banda B)

De acordo com o policial, houve uma perseguição ao veículo Strada até o momento em que um dos pneus furou. “O rapaz saiu correndo e se jogou na represa. Mesmo saindo de trás, com farda e coturno, o soldado João Lucas se jogou na represa e, depois de 100 metros, conseguiu abordar e prender o suspeito”, descreveu.

No destacamento da PM, companheiros brincam que o soldado João Lucas é tão rápido no nado livre que deixou, ‘de propósito’, o suspeito sair na frente, porque sabia que o alcançaria.

Além disso, foi impossível não lembrar que muitos recordes mundias de natação foram quebrados com os supermaiôs, indo na contramão da vestimenta utilizada pelo policial. “Imagine se o João Lucas usasse um destes”, comentam-se pelos corredores.

Arrombamento

Dentro do Strada, nenhum produto do arrombamento à farmácia foi localizado. “Eles ‘maçaricaram’ a porta do estabelecimento e estavam levando tudo, desde medicamentos até produtos. Porém, deixaram os materiais lá dentro quando receberam a voz de abordagem e, portanto, nada foi levado”, contou o subtenente.

Os outros dois suspeitos não foram localizados. Se tivessem resolvido nadar, certamente seriam alcançados pelo soldado João Lucas.