Por Elizangela Jubanski

Duas situações de estupro envolvendo crianças aconteceram em menos de três horas na tarde deste sábado (23) em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Nas duas situações, as crianças foram levadas para atendimento médico depois de serem violentadas por homens supostamente diferentes. Um deles foi linchado pela população; o outro conseguiu fugir.

O primeiro caso envolveu um menino de 11 anos que empinava pipa em uma praça, em frente a casa dele, no bairro Guatupê. A rua não será divulgada para não expôr a criança. De acordo com a Polícia Militar, o menino foi abordado por um homem moreno, de estatura média, que estava com uma bicicleta roxa e branca. O homem arrastou a criança para dentro de um matagal, a violentou e ameaçou matá-la caso contasse a alguém.

O menino atravessou a rua chorando e contou aos pais, que acionaram a Polícia Militar (PM). Testemunhas disseram que o homem vestia calça e camiseta azul, parecendo uniforme de empresa. O menino foi encaminhado à Unidade de Pronto-Atendimento do Afonso Pena.

Depois

Horas depois, a família de uma menina de 9 anos, que no bairro Riacho Doce, ligou para a PM. A denúncia era de que a menina estava sendo violentada por um homem intitulado como padrinho. Segundo informações, há anos esse homem frequentava a casa da família. Durante o acionamento da polícia, os vizinhos encontraram e lincharam o homem, que precisou ser socorrido por uma ambulância do Samu.

O suspeito foi levado ao Hospital São José sob escolta e depois será encaminhado a delegacia do município. A menina realizou exames complementares para indicar a violência e também colheria material genético para constar como prova.