Uma menina de 7 anos, que passeava com o pai neste sábado (22), foi agredida com um soco na cara dentro da Biblioteca Pública do Paraná, no Centro de Curitiba. De acordo com testemunhas, o responsável teria cometido o crime “do nada”. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM).

image-3-27
Crime aconteceu na Biblioteca Pública (AEN)

À Banda B, o pai contou que a vítima tem transtorno do espectro autista (TEA) e não sabe o que pode ter motivado a agressão.

“Esse senhor se aproximou rapidamente de nós e deu um soco no rosto da minha filha, sem dizer nada, apenas armou o punho e fez o que fez. Nisso, eu fui para cima dele, o pessoal acudiu, mas também acabei sendo derrubado no chão. É uma situação que ninguém espera, totalmente de surpresa”, lamentou.

De imediato, funcionários da biblioteca conseguiram acionar uma equipe da Polícia Militar, que fazia patrulhamento pela Rua XV de Novembro.

O soldado Pinkoski descreveu que o detido estava bastante alterado.

crime-centro-1
Suspeito foi encaminhado ao Nucria (Foto: Cristiano Vaz – Banda B)

“Aparentemente, é alguém com algum problema psicológico. Além de fazer isso, danificou a viatura com os chutes, se tivesse armado, poderia ser algo bem mais grave”, disse.

Preso, o suspeito foi encaminhado ao Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Menina de 7 anos que passeava com o pai é agredida na Biblioteca Pública e homem de 39 anos é preso pelo crime

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.