A Polícia Civil do Maranhão prendeu o médico Daniel Chynayd Costa Magalhães por suspeita de torturar a namorada em Codó, no interior do estado, na segunda-feira (24).

Daniel agrediu e torturou a companheira após uma discussão na sexta-feira (21), segundo a polícia. Os dois iniciaram a briga na rua e, ao chegarem à casa do médico, ele teria a agredido por horas, até que a mulher conseguiu fugir do local. As informações são da PCMA.

medico-preso
O médico Daniel Chynayd Costa Magalhães foi preso por suspeita de torturar a namorada – Foto: Reprodução/Facebook

Vítima demorou cerca de dois dias para denunciar o médico. Após o registro do boletim de ocorrência, a Justiça do Maranhão decretou a prisão preventiva do suspeito.

Daniel vai responder pelo crime de tortura. Ainda segundo a PCMA, foram encontradas porções de cocaína no carro do médico, e ele também foi autuado por posse de droga.

Prefeitura de Codó afastou Daniel de suas atribuições em um hospital da cidade. Em nota, a gestão municipal informou que o médico foi retirado do quadro de funcionários do Hospital Geral Municipal.
Daniel foi encaminhado para a Unidade Prisional Regional de Codó e está à disposição da Justiça. O UOL não conseguiu contato com a defesa dele. O espaço segue aberto para manifestação.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Médico é preso por suspeita de torturar a namorada por horas no Maranhão

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.