Cadela morta pelo médico (Foto: Reprodução Facebook)

 

Um médico morador em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, foi autuado em flagrante por maus tratos de animais e porte ilegal de armas. De acordo com a Polícia Civil (PC), ele é suspeito de atirar e matar uma cachorra na Estrada Ecológica de Pinhais.

Protetoras de animais denunciaram a ação nas redes sociais. De acordo com a Polícia Civil, o médico se apresentou à Polícia Militar (PM) e foi levado à delegacia, onde entregou a arma e alegou legítima defesa, afirmando que a cadela o atacou.

Ainda segundo a PC, o médico e vizinhos estavam em conflitos pela presença de cães que circulam a região, já que moradores passaram a alimentar os animais, o que fez com que o número de cães aumentasse em frente às chácaras.

Ontem, o homem teria gritado ao ver os cães sendo alimentados e teria acontecido uma reação por parte dos animais. Neste momento, o médico atirou e matou a cadela.

Sem porte para a arma, uma pistola calibre 380, ele acabou sendo autuado e deverá responder em liberdade.