O homem de 30 anos, preso pela polícia no final da tarde desta quarta-feira (8) suspeito de ser o criminoso que ficou conhecido como “Maníaco do Sandero”, deu trabalho durante a madrugada na Delegacia da Mulher, em Curitiba, onde pouco antes havia sido reconhecido por pelo menos uma vítima. Informações dão conta que ele teria inclusive tentado cometer o suicídio.

Sandero do suspeito foi apreendido (Foto: Banda B)

 

A informação referente a pertubação, que pode ter sido uma tentativa de suicídio, foi confirmada pela delegada Márcia Rejane. “Houve uma situação de pertubação por parte dele, mas não posso confirmar se tentou se matar. Os policiais tiveram que contê-lo nesta situação de pertubação”, descreveu à Banda B.

 

O suspeito, que não teve a identidade revelada, é foragido de Santa Catarina por um mandado de roubo. “Veio de Santa Catarina e estava na nossa região, morando em hotéis. O que chama a atenção é que o caso teve repercussão da mídia e ele permaneceu por aqui”, apontou Márcia.

Arma localizada com o suspeito

 

A delegada adotou tom de cautela em confirmar o suspeito como o ‘Maniaco do Sandero’, embora o reconhecimento pela vítima do estupro. “Continuamos as investigações, mas os indicativos são positivos neste sentido. Ele foi autuado por porte ilegal de arma e de documento falso. As vítimas serão ouvidas novamente com calma”, ponderou.

Na delegacia, o suspeito preferiu o silêncio. “Ele ainda não fez depoimento e não comentou o que havia no carro dele (algemas e faca). Vamos esperar para ouvi-lo na sequência. O importante é que está detido aqui para se dar andamento as investigações”, concluiu a delegada.