Cinco pessoas foram presas pela Polícia Civil após uma operação realizada na manhã desta quinta-feira (6), sobre as investigações do assassinato de Henrick Marcel Ribeiro Pinto, de 24 anos. A PCPR apurou que a motivação do crime estaria ligada ao fato de a vítima ter jurado se vingar de um dos suspeitos – que planejou o crime – por suspeitar que este teria assassinado seu pai.

O crime ocorreu no dia 28 de junho, logo depois de Henrick sair de uma festa em um motel na BR-277. A vítima e mais dois amigos foram perseguidos por uma caminhonete até a rua Major Heitor Guimarães, no bairro Seminário. Em dado momento da perseguição, o trio perdeu o controle do carro e foi alvejado por diversos tiros. Henrick morreu na hora e os outros dois amigos sobreviveram aos ferimentos.

 

 

De acordo com a polícia, as buscas foram feitas em diversos bairros de Curitiba e na Região Metropolitana. Cerca de 80 policiais participaram da operação que ainda contou com o auxílio de cães farejadores. O objetivo principal era cumprir 22 mandados judiciais, sendo sete de prisão temporária e 14 ordens de busca e apreensão.

Vítima do crime (Foto: Reprodução)

 

O delegado Thiago Nóbrega da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deu mais detalhes sobre o resultado da operação. “Dos mandados de prisão cumpridos, três estão diretamente envolvidos ao homicídio. Os outros dois estão relacionados aos crimes de tráfico de drogas e ao porte ilegal de arma de fogo e munição”, pontuou à Banda B.

A PCPR apurou que a motivação do crime estaria ligada ao fato de a vítima ter jurado se vingar de um dos suspeitos – que planejou o crime – por suspeitar que este teria assassinado seu pai.

Agora, a Polícia Civil segue na busca de mais duas pessoas que já são consideradas como foragidas da justiça. Caso tenha alguma informação a respeito do assunto, você pode realizar uma denúncia anônima pelos números 0800 643 1121 ou 197.

Vídeos

Matérias Relacionadas