(Foto: Flávia Barros – Banda B)

Uma mulher de 25 anos e o filho dela, de três anos, foram encontrados mortos dentro da casa em que moravam no início da tarde desta quarta-feira (2), na Rua Carlos de Laet, no bairro Hauer, em Curitiba. Pelas características do local, aparenta-se caso de suicídio, entretanto outras hipóteses ainda não estão descartadas. Um parente chegou a encaminhar o menino até uma unidade de saúde, porém nada pôde ser feito.

A mulher estava com os pulsos cortados e a criança, que faria quatro anos no dia 17 de janeiro, não teve a causa da morte confirmada. Inicialmente, ventilou-se que o garoto teria sido esfaqueado pela mãe, entretanto apenas a necropsia precisará do que ele morreu, não descartando-se nenhuma hipótese.

“A PM foi acionada por um parente da família que fez ligação 190. Quando chegamos, havia um familiar aguardando na residência e o tio já tinha encaminhado a criança a Unidade de Saúde do Hauer. Foi feita a perícia no local e possivelmente ela tenha causado os ferimentos, sem indícios de uma terceira pessoa no local”, descreveu.

O perito Jerri Gandin, da Polícia Cientifíca, contou que a morte pode ter acontecido no início da manhã de hoje e que tudo indica para uma atitude impensada por parte da mãe. “Ela tem cortes no pulso, com uma faca que foi retirada de dentro da residência. Como o corpo da criança foi recolhido, não conseguimos avaliar. Pode ter acontecido hoje pela manhã. São características de um suicídio, sem sinais de arrombamento”, explicou.

No local, familiares disseram que a mulher tinha passado uma virada de ano tranquila, mas desde ontem tinha ‘sumido’. Entretanto, uma amiga contou que ela apresentava depressão após o término de um casamento. A mulher, que não será identificada, deixa ainda dois filhos, já adolescentes.