A mãe de uma das vítimas de uma chacina com sete mortos em Viçosa do Ceará descobriu a morte da filha após ir até o hospital e ver um vídeo do ocorrido.

Otilde Andrade contou que foi até a praça Clóvis Beviláqua após saber da chacina e ver que a filha não estava em casa. No local, ela entregou o nome da jovem, Isamara de Sousa, 25, mas foi orientada a procurar o hospital.

Ao chegar no hospital, a mulher viu um vídeo que mostrava os mortos e reconheceu a filha. Ela passou mal e precisou ser medicada. A mulher falou sobre o assunto em entrevista a jornalistas na cena do crime, nessa quinta-feira (20).

Amiga de Isamara também foi morta. Otilde afirmou que conhecia outra vítima da chacina, identificada como “Ingrid”, que era amiga da jovem.

mae-vitima-chacina
Foto: Reprodução

“Quando eu cheguei aqui [na praça] e perguntei, não tinha o nome dela. Eu tinha esperança de ela estar no hospital. Quando cheguei no hospital, me mostraram o vídeo. Quando eu vi, eu vi minha filha caída por cima das outras, morta. Eu disse: ‘Minha filha’. Passei mal”, disse Otilde Andrade, mãe de vítima de chacina no Ceará.

Vítimas foram rendidas por suspeitos que chegaram armados em dois veículos. Os suspeitos renderam as pessoas em uma grade e começaram a atirar, segundo registrado no boletim de ocorrência. O crime foi na praça Clóvis Beviláquia, no centro do município, enquanto um grupo de pessoas se reunia no local.

Os mortos eram três mulheres, de 16, 23 e 25 anos, e quatro homens, de 18, 21, 24 e 26 anos. A mulher de 23 anos possuía passagens por homicídio, tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo, e estava com tornozeleira eletrônica. Já o homem de 24 anos possuía passagens por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Um homem e uma mulher ficaram feridos. Eles foram encaminhados para o Hospital e Maternidade Madalena Nunes – São Camilo, no município de Tianguá.

Secretário de Segurança Roberto Sá viajou ao município. A informação foi dada pelo governador Elmano de Freitas, que lamentou as mortes nas redes sociais.

Três foram presos durante operações de busca pelos autores do crime. As pessoas foram detidas em flagrante por tráfico de drogas e posse de uma arma de fogo na tarde da quinta-feira (20).

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Mãe de vítima de chacina soube de morte em vídeo: ‘Caída sobre as outras’

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.