Uma rede de produtos naturais, localizada no Centro de Curitiba, foi assaltada seis vezes em menos de uma semana.  De acordo com o empresário e dono das lojas, Marcelo Rafhi, um mesmo assaltante teria agido contra quatro lojas da rede e tentou assaltar a quinta, mas não conseguiu. Nesta quarta-feira (11), o suspeito chegou a ser detido pela Guarda Municipal, mas acabou liberado momentos depois.

Segundo Rafhi, o homem sempre chegava com uma mochila e dizia ter uma arma, mas nunca a mostrou, apenas “assustava as funcionárias” e mandava ficaram atrás do balcão. A ação do assaltante era rápida, o mesmo pedia que entregassem todo o dinheiro do caixa e fugia.

 

Com a prisão realizada pela Guarda Municipal, o empresário compareceu ao 1º Distrito Policial (DP) para reconhecer o suspeito. Além dele, outra lojista também o reconheceu como o assaltante de seu comércio. 

Contudo, após o assaltante ser levado ao 1º DP, ele foi liberado com a justificativa de que não foi preso em flagrante, por isso não poderia ser autuado. Marcelo, que teve seus comércios se revoltou. “Depois de escutar todo mundo, liberam ele, fiquei revoltado”, disse.

Ainda, segundo informações levantadas pela Banda B, o assaltante tem 38 anos, possui uma tornozeleira eletrônica e uma extensa ficha criminal. Os funcionários das lojas de Marcelo têm medo de que o assaltante volte ao local.