Morreu no hospital o caseiro Raul Teixeira, de 68 anos, morto em um assalto a uma chácara de eventos no bairro Campina das Pedras, em Araucária, região metropolitana de Curitiba. O crime aconteceu na segunda-feira (10) e, em um trabalho rápido, a Polícia Civil de Araucária prendeu o principal suspeito de ter cometido o assassinato.

Suspeito de cometer o crime e outro preso por receptação (Foto: Colaboração)

 

Segundo o delegado Tiago Wladika, da Delegacia de Araucária, a prisão teve o apoio da Guarda Municipal, depois que denúncias anônimas chegaram aos investigadores. “Dois suspeitos entraram na chácara para cometer o crime. Um ficou no carro, um Gol preto, e outro acabou entrando. Ele roubou uma roçadeira, um televisor e carne de carneiro. Na hora de ir embora, acabou sendo reconhecido pelo caseiro e o matou com golpes de facão”, descreveu à Banda B.

Ainda de acordo com o delegado, na casa do suspeito preso foram encontrados munições de pistola calibre 38, o facão que teria sido usado no crime, o veículo Gol preto e a carne de carneiro levada da chácara. “Ele foi preso em flagrante por posse ilegal de munição e vai responder pelo latrocínio (roubo seguido de morte). Em seguida, fomos a casa de outro suspeito e achamos a roçadeira, como este rapaz não participou do assalto, foi preso por receptação”, contou.

Na mesma operação, os policiais encontraram o suspeito que ficou no carro, enquanto o crime era cometido. “Ele não estava em flagrante e não foi preso, mas veio à delegacia prestar depoimento e, inclusive, ajudou nas investigações, confirmando o que aconteceu”, concluiu o delegado.

O inquérito policial do caso deverá ser concluído em cerca de 30 dias.