Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Uma safadeza atrás da outra. Uma jovem de 21 anos achou que passaria despercebida aos olhos dos seguranças de um hipermercado no bairro Xaxim, em Curitiba. Com vários produtos dentro da bolsa, a moça foi detida e encaminhada ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) na noite desta terça-feira (2). Lá, ela deu o nome da irmã para tentar se livrar do flagrante. Não colou e ela foi levada para a carceragem.

Provavelmente de festa marcada, a garota levava dentro da bolsa algumas caixas de cílios e unhas postiças. Ao se ‘esquecer’ de passar no caixa para pagar o que queria levar para a casa, os seguranças do hipermercado, que fica na rua Francisco Derosso, acionaram a Polícia Militar (PM). Por volta das 20h30, a garota tentou fugir, mas foi alcançada e detida.

Já no Ciac-Sul, como a detida já tinha passagens por furto e também tráfico de drogas, passou o nome da irmã para tentar se livrar. Esqueceu da expertise dos policiais, que lidam com o submundo todos os dias. A sargento Márcia disse à Banda B que os produtos furtados passavam de mil reais. “Ela tinha perfumes de ambiente, refis, unhas e cílios postiços que totalizam cerca de R$ 1,2 mil. Ela é muito parecida com a irmã e pensou que isso fosse dar certo”, revela a sargento. A jovem foi levada para a carceragem e há possibilidade de o delegado arbitrar fiança para a liberação dela.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Jovem vai ao mercado para furtar cílios e unhas postiças e na delegacia dá nome da irmã

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.