Jovem de 22 anos teve ferimento na cabeça. Foto: Colaboração/Banda B

 

Um jovem passageiro foi esfaqueado em um ponto de ônibus no fim da noite dessa quarta-feira (31), no bairro Hugo Lange, em Curitiba. Ele se negou a dar cigarro a um morador de rua e foi ferido na cabeça. Socorrido a um hospital, o jovem não corre risco de morte. O agressor não foi encontrado pela polícia.

De acordo com informações da vítima, ele tinha se encontrado com um amigo depois do trabalho e esperava o ônibus para voltar para a casa, na rua Augusto Stresser com a Jaime Balão, quando o agressor parou no ponto de ônibus, ao lado dele. “Eu vim tomar uma cerveja com um amigo e esse homem me atacou no ponto de ônibus, depois de me pegar um cigarro. A gente caiu no chão, trocamos soco e um motorista jogou o carro em direção a ele e me salvou. Agora, eu estou aqui com um corte na cabeça, tendo que trabalhar amanhã cedo, destruiu minha roupa, meu terno que trabalho”, descreveu.

Segundo a vítima, o agressor ficou bravo porque ele se negou a dar-lhe um cigarro. “Foi uma tentativa de assalto porque eu não quis dar o cigarro e ele disse ‘então, vou levar seu celular’. Eu nem vi a faca que ele carregava”, disse à Banda B.

Testemunhas acionaram o Corpo de Bombeiros e confirmaram a versão da vítima. “Foi um corte superficial, ele passou a faca no crânio dele, precisa de sutura, um ferimento de cinco centímetros. Mas sem riscos”, concluiu o socorrista Amilton, do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).

Ronda

O jovem foi levado ao Hospital Cajuru. A Polícia Militar (PM) foi chamada, chegou a fazer patrulhamento pelas proximidades, mas até o final da noite dessa quarta-feira não teria encontrado o suspeito.